Tendências para o marketing de conteúdo 2022

Última atualização: 14 de dezembro de 2021
Tempo de leitura: 3 min

As mudanças no comportamento dos consumidores e as necessidades de informação desenvolvidas principalmente durante a pandemia têm movimentado a área do marketing digital. Assim como todos os setores, e talvez até mais, a comunicação teve que se reinventar. O marketing de conteúdo ganha uma nova perspectiva, sendo uma importante ferramenta de oportunidades para os negócios frente a este cenário.

À medida que os consumidores passam mais tempo no ambiente digital, muitos questionamentos surgem, e as pessoas passam a procurar as marcas com as quais fazem negócios e confiam para obter estas respostas. A comunicação com foco no cliente passou a ser uma necessidade para os negócios, que precisavam mais do que oferecer, conversar, convencer e personalizar o seu conteúdo para esse público agora mais exigente e mais crítico.

Algumas tendências específicas de marketing de conteúdo impulsionarão o aumento de investimento e atividades nos departamentos de comunicação e agências em 2022, é o que aponta o último relatório de marketing B2B da Chartered Management Institute (CMI – instituição profissional de gestão).

Qualidade, relevância e confiabilidade no conteúdo

Em 2015, o Google lançou suas Diretrizes do avaliador de qualidade de pesquisa. Essas diretrizes contêm três chaves de ouro para a forma como o Google analisa as páginas da web e como elas diferenciam o conteúdo de alta qualidade do de baixa qualidade: finalidade benéfica, EAT (especialização, autoridade, confiabilidade) e YMYL (seu dinheiro ou sua vida).

O EAT é um objetivo que continuará a fazer parte da rotina dos profissionais de marketing em 2022. Por não ter uma métrica quantificável e não poder ser medido, o conceito de EAT é um desafio permanente em SEO. Embora certamente importe mais em alguns tipos de conteúdo do que em outros, o conteúdo médio simplesmente não funcionará em qualquer indústria onde um conteúdo excepcional esteja presente.

O marketing de conteúdo com foco na intenção do consumidor

Os profissionais de marketing e SEO que direcionam sua estratégia apenas para o posicionamento de palavras-chave e seu desempenho, estão perdendo grandes oportunidades de se conectar com o seu público de maneira mais significativa. Compreender não apenas o que as pessoas estão procurando, mas por qual motivo estão procurando é essencial para o planejamento e a elaboração de conteúdos que atendam diretamente as necessidades específicas do consumidor.

O acesso a insights de pesquisa em tempo real, por exemplo, permite uma compreensão mais profunda do que motiva os consumidores em potencial naquele momento. Analisar a jornada do cliente ajuda a encontrar pontos de parada, lacunas de conteúdo e outras oportunidades para criar uma experiência mais integrada. E claro, permanece a pesquisa de tópicos, palavras-chave e as análises de concorrência para arquitetar conteúdos que melhor atenda às intenções dos usuários.

Planejamento e documentação de conteúdo baseado em dados

Em tempos de big data, as empresas têm uma grande quantidade de informações sobre o mercado para analisar e usar no planejamento de sua estratégia de promoção. O data marketing é uma abordagem baseada em dados como o pilar central da tomada de decisões. A criação de campanhas, a definição de públicos-alvo, a escolha de um novo canal e a produção de conteúdo são planejadas de acordo com os dados disponíveis.

Para que o método ocorra de forma mais eficaz, as empresas devem contar com ferramentas e procedimentos de coleta, processamento e análise de dados de forma que a inteligência humana possa transformá-los em informações úteis e insights. Essa prática está se tornando cada vez mais comum dentro do marketing de conteúdo e continuará como uma forte tendência para 2022.

Compartilhe:

Jéssica Dias Synthes

Sobre o autor

Analista de Conteúdo e Clientes Pleno na Boxnet. Pós-graduanda no curso de especialização em Big Data e Comunicação, bacharela em Comunicação Social - Jornalismo e Tecnóloga em Design Gráfico. Experiências anteriores em Comunicação Interna, Marketing Digital e Assessoria de Imprensa.

Posts relacionados
Zumbis da...

Sou fã fervoroso e defensor da tecnologia. Escrevo e compartilho uma visão...

Leia mais >
Luiz Rigo, diretor comercial,...

O CSO (chief sales officer) e Diretor Comercial da Boxnet, Luiz Rigo, é...

Leia mais >

Entre em contato

Descubra como a sua empresa pode ser mais analítica.